Lançamento da campanha CodeREDD , e qual a relação com a ECO-92 e a Rio +20?

O que significa REDD? Redução das Emissões por Desmatamento e Degradação Florestal. Code REDD é uma campanha emergencial para salvar as florestas do Brasil e do mundo.

Onde? Arcos da Lapa

Quando? 19 de junho, às 23 horas, véspera do feriadão.

O que será:  uma projeção nos Arcos da Lapa, que mostrará soluções possíveis para o desmatamento no mundo, uma delas é a REDD. O tema do filme é “Unidos nós resistimos, divididos as florestas caem”.

O objetivo do filme é engajar, inspirar e educar o público através de uma experiência de multimídia emocional e impactante. Compartilhe, ou vá ao evento se estiver no Rio de Janeiro  e faça a diferença nesta campanha contra o desmatamento no Brasil.

Mas o que fazer se não estou no Rio de Janeiro, ou não puder ir no dia? Existem outras forma de ajudar? SIM!

1 –  Se já fotografou o Rio poderá participar do Concurso Cultural “Salvem as florestas do mundo”, promovido pela Wildlife Works – fundadora da campanha Code REDD.  O grande prêmio será uma viagem à África: duas (02) passagens aéreas de ida e volta para o Kenya,  acomodação para 7 dias, translado para a sede Code REDD e passeio no safári africano.

Postem  a(s) sua(s) foto(s) sobre FLORESTAS DO RIO DE JANEIRO (fauna e da flora) até 17:00 do dia 19/06/12, na página do https://www.facebook.com/PostaisdoRio Juntamente com a postagem da foto no twitter, deve-se usar a hashtag #CodeREDDNow e especificar o local onde a foto foi tirada. Além de postadas, as fotos participantes deverão ser enviadas para o email postaisdorio@gmail.com.

As fotos pré selecionadas serão projetadas nos arcos da Lapa nos dias 19, 20 e 21 de junho de 2012. Veja outros detalhes no regulamento: https://www.facebook.com/notes/postais-do-rio-rio-postcards/concurso-salvem-as-florestas-do-mundo/427756563913665

2–  Se está na cidade maravilhosa aproveite a programação do Rio + 20 escolhida a dedo pelo bog Rio com ela.

A Obscura Digital é a empresa responsável e a partir do mote  “Unidos nós resistimos, divididos as florestas caem” utiliza filmagens de todo o mundo para criar uma experiência sensorial de imagens combinadas com um design inovador – som e movimento apresentados de forma singular remodelando novos espaços dentro do tradicional. Além da projeção, também haverá interação do público presente no evento ao vivo: será pedido para que enviem um SMS ao mesmo tempo e terá seus telefones piscando em vermelho (Code Redd). Vamos fazer com que as empresas se comprometam a diminuir a sua pegada de carbono na atmosfera e ainda viabilizem economicamente a proteção das florestas.  Um outro evento com projeção da firma Obscura Digital foi o YouTube Play Biennial Awards Show, em 2010 com projeções simultâneas no interior e exterior do Museu Guggenheim.

Recebemos um convite de Michelle Braga da Code REDD, e da equipe de publicidade Binder que organiza a ação também – tomamos  chopp e batemos um papo ontem. A apresentação de Michelle foi emocionante e seus esclarecimentos fizeram a maior parte dos profissionais de internet e blogueiros presentes se comprometer nesta campanha. Veja uma prévia do que acontecerá na Lapa e lançada ontem com exclusividade para os participantes:

Mas antes vamos ver como tudo começou?  ANTECEDENTES

A CNUMAD – Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, também conhecida  como ECO-92, Rio-92, Cúpula ou Cimeira da Terra, realizada em junho de 1992  no Rio reuniu mais de cem chefes de Estado que buscavam conciliar desenvolvimento sócio-econômico com a conservação e proteção  do meio ambiente.  Como resultado do encontro foram elaborados documentos oficiais, onde os países se comprometiam a alcançar algumas metas:

  • A Carta da Terra;
  • Convenções: Biodiversidade, Desertificação e Mudanças climáticas;
  • Declaração de princípios sobre florestas;
  • Declaração do Rio sobre Ambiente e Desenvolvimento;
  • a Agenda 21.

O que aconteceu após a ECO-92? De acordo com o IBGE o desmatamento causado pelas atividades de agropecuária e mineração tem sido responsável pela alteração de grandes porções de áreas com cobertura vegetal nativa no Brasil. [VOCÊ SABIA?] A cada 2 dias uma floresta do tamanho da cidade da cidade de Nova York é perdida.  Em 2010 o Brasil perdeu uma área equivalente a 1 milhão de campos de futebol na Amazônia!

As mudanças climáticas e a camada de ozônio impactam diretamente as cidades. Catástrofes como os que vimos na Região Serrana do Rio, Nordeste, Norte e Sul do Brasil estão interligadas e serão cada vez mais comuns. Preservar as florestas ajuda a regular o clima e amenizar os efeitos dos desastres naturais.

Nossas florestas morrem pois para os moradores nativos é necessário sobreviver pela única maneira que conhecem: abrir espaço para grandes plantações, comércio de madeira e carvão ou criação de animais. Code REDD tenta solucionar isso de forma prática, financiando moradores das regiões que estão sendo desmatadas como guardiões das florestas. Lançado inicialmente como REDD, hoje o conceito foi ampliado e é conhecido como REDD+. A campanha Code Redd quer conscientizar e engajar as lideranças corporativas para salvar as florestas do desmatamento e fazer com que as empresas que geram impactos no meio ambiente se comprometam a reverter os danos através de créditos de carbono. Esta instituição tentará servir como mediadora e achar parceiros para que o setor privado possa equalizar as suas pegadas de carbono com investimentos para manter as florestas de pé, vivas, assim como os animais que nela habitam.

Este último parágrafo foi retirado da reportagem ONU afirma que crise ambiental no planeta é grave, mas tem solução.
“Nesta semana, o Pnuma (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente) mostrou que, de 90 metas ambientais acordadas internacionalmente nos últimos 40 anos, apenas quatro tiveram avanços significativos. O número representa menos de 5% do total e é inferior à quantidade de objetivos que tiveram retrocesso – oito no total.
Batizado de Panorama Ambiental Global 5, ou simplesmente GEO-5, o documento também mostra que outras 40 metas tiveram poucos avanços e 24 praticamente não tiveram nenhum avanço. Além disso, 14 não puderam ser avaliadas devido à falta de dados mensuráveis. http://www.unep.org/geo/

Saiba mais:

 site oficial da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, Rio+20 (inglês)

A versão em português da Rio+20 é traduzida pela UNIC-Rio – Humanitare para o Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil.

Programa REDD nas Nações Unidas

Ministério do Meio Ambiente REDD + Brasil

Observatório do REDD no Brasil – plataforma socioambiental

Guia passo-a-passo para processos de elaboração de salvaguardas socioambientais de REDD+, publicado pela reddsocioambiental.

Fórum Latinoamericano de REDD- Material informativo

Lições dos 20 anos de comércio de carbono florestal, publicado pelo Instituto Carbono Brasil

Ferramenta para análise de viabilidade financeira do REDD

lançamento exclusivo para blogueiros #codeREDD

Sobre fuiobrigada

Escrever dói e é compulsivo. Delirium, tremens.

Publicado em 15/06/2012, em Uncategorized e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Do caralho esse seu post!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: