Zigeunerleben – forma de traduzir

Por muito tempo cantei em coros de música clássica. Neste último fiz traduções entre 2002 e 2004, além de orientar cantores que nunca tiveram contato com a língua alemã a pronunciar as músicas. A cereja do bolo: na apresentação de POMERODE (cidade de Santa Catarina onde ainda se fala alemão)  alguém da platéia comentou ao final: ” Nossa, parece que eles fizeram anos de Goethe Institut.” Quase pulei de alegria!

Mas a conversa aqui é outra… o processo de produzir a tradução.  Nesta tive que trabalhar o texto de forma quase literal, pois para o cantor a entonação da nota é importante, bem como saber o que e quando está dizendo. E aí que a tradução livre perde espaço.

Preste bem atenção: não estou dizendo que o “tradutor traidor” não deve existir. O que para textos longos pode ser ótimo (dependendo de quem traduz), inclusive enriquecedor… neste caso particular perde-se alguma coisa se “interpretarmos demais” o verso.

Arrumando meus arquivos achei a primeira versão do trabalho.

Quase esqueci de traduzir:  Zigeunerleben significa vida de cigano e é de Robert Schumann. O vídeo que publiquei é de uma competição na Áustria.

Im Schatten des Waldes, im Buchengezweig,

Da regt’s sich und raschelt und flüstert zugleich.

Es flackern die Flammen, es gaukelt der Schein

um bunte Gestalten, um Laub und Gestein.

Nas sombras da floresta, nos ramos das faias,

Lá se movem e fazem ruido e sussurram ao mesmo tempo.

As chamas bruxuleiam/tremulam, ilusionando a luz/brilho

em vultos/formas multicoloridas, nas folhagens e rochas.

.

Da ist der Zigeuner bewegliche Schaar

mit blitzendem Aug’ und mit wallendem Haar,

gesängt an des Niles geheiligter Fluth,

gebräunt von Hispaniens südlicher Glut.

Lá o cigano é um bando em movimento

com olhos que piscam e com cabelos ondulados,

canticos d/nas torrentes santificadas do Nilo,

bronzeados do/pelo ardor espanhol do sul.

.

Um’s lodernde Feuer in schwellendem Grün,

da lagern die Männer verwildert und kühn,

da kauern die Weiber und rüsten das Mahl,

und füllen geschäftig den alten Pokal.

Nas chamejantes(ardentes labaredas) do fogo na soleira/umbral verde,

lá acampam os homens selvagens e audazes,

lá as mulheres acocoram-se e preparam a refeição,

e enchem solicitamente a velha taça.

.

Und Sagen und Lieder ertönen im Rund,

wie Spaniens Gärten so blühend und bunt,

und magische Sprüche für Not und Gefahr

verkündet die Alte der horchenden Schaar.

E as lendas e canções ressoam na roda,

como jardins espanhóis tão florescentes e multicoloridos,

e adágios mágicos de urgência e perigo

preconizados pelos velhos para o bando atento

.

Schwarzäugige Mädchen beginnen den Tanz.

Da sprühen die Fackeln im rötlichen Glanz.

Es lockt die Guitarre, die Cymbel klingt,

wie wild und wilder der Reigen sich schlingt!

Meninas de olhos negros começam a dança.

Lá faíscam os archotes com brilho avermelhado.

A guitarra chama, os címbalos soam,

como precipitada e selvagemente as rodas se entrelaçam!

.

Dann ruh´n sie ermüdet vom nächtlichen Reih’n.

Es rauschen die Buchen in Schlummer sie ein.

Und die aus der glücklichen Heimat verbannt,

sie schauen im Traume das glückliche Land.

Então acalmam-se, fatigados do Reno noturno??.

As faias sussuram canções de ninar para eles

Que foram da pátria (terra natal) desterrado/exilado,

olham em sonhos para o país afortunado

.

Doch wie nun im Osten der Morgen erwacht,

verlöschen die schönen Gebilde der Nacht,

es scharret das Maulthier bei Tagesbeginn,

fort zieh’n die Gestalten, wer sagt dir wohin?

Agora como sempre acorda no leste das manhãs,

extinguem-se as belas/bonitas criações da noite,

o mulo scharret??? com começo do dia,

foram-se os vultos na marcha, quem te diz para onde?

Sobre fuiobrigada

Escrever dói e é compulsivo. Delirium, tremens.

Publicado em 02/07/2011, em Uncategorized e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: